Homenagem ao Dia Internacional da Mulher

press to zoom

“Não se nasce mulher: torna-se”. A célebre frase da cientista Simone de Beauvoir representa bem a trajetória da nutricionista Zaida Maria de Albuquerque Melo Diniz. Nascida em 1935, uma época em que a liberdade e as opções não eram favoráveis às mulheres, Zaida Diniz precisou ser pioneira, lutar e trabalhar muito para conquistar espaço não só para ela, mas, também para todos os nutricionistas de Pernambuco que hoje não encontram tantas dificuldades quanto há 55 anos.

 

Estudante da primeira turma de Nutrição no Estado, iniciada em 1957, Zaida nunca deixou de atuar como nutricionista. Foi integrante da primeira equipe de nutricionistas da Secretaria de Saúde de Pernambuco e também trabalhou como nutricionista no Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba, Piauí e Maranhão.

 

A coragem e a determinação de Zaida, como em uma verdadeira mulher, não se restringem ao âmbito profissional. Mãe dedicada de cinco filhos, nossa colega vivia uma jornada dupla para educá-los sozinha, uma vez que era desquitada e se divorciou assim que foi permitido por lei. “Nunca deixei minha missão de mãe, que para mim é uma missão de Deus”, declara.

 

Foi através do esforço de Zaida, então presidente da Associação Pernambucana de Nutrição, e das companheiras Claudete e Conceição, que os Conselhos Federal e Regional de Nutricionistas foram criados. “O processo estava engavetado durante vários anos e recorremos ao Marco Maciel, que, na época, era deputado. No dia do Nutricionista (31 de agosto) de 1978, o Ministro do Trabalho autorizou a criação dos Conselhos diante de nós durante um Congresso Internacional, no Rio de Janeiro”, relembra Zaida.

 

Já no ano seguinte, começaram as atividades do Conselho Federal de Nutrição, e, em 1980, entrou em funcionamento o Conselho Regional de Nutrição. Quatro anos depois, Zaida Diniz encabeçou a luta para a criação do Sindicato dos Nutricionistas do estado de Pernambuco (SINEPE). “O trabalho foi muito grande. Mas, contamos com enorme ajuda de Fernando Gueiros, que era presidente do Sindicato dos Odontologistas daqui de Pernambuco e colocou à disposição toda a sua estrutura”, conta Zaida. Dois anos depois de muitas idas à Delegacia do Trabalho e trâmites em Brasília, o SINEPE nasceu.

 

Prestes a completar 79 anos, avó de 11 netos, Zaida continua até hoje atuante na profissão, integrando as chapas do SINEPE, da Federação Brasileira dos Nutricionistas e da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU), órgão ao qual nosso Sindicato é filado. “Tenho certeza de ser uma mulher forte e responsável em minhas obrigações como mulher, mãe, avó e profissional”, finaliza.

 

O SINEPE deseja que a história de Zaida seja vista não apenas com admiração e respeito, mas também como exemplo a ser seguido.

 

SINEPE - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de Pernambuco

SINEPE
 

​O SINEPE, entidade de classe fundada em 04/03/1986, tem como objetivo principal a prestação de serviços voltada ao profissional nutricionista, através da representação, informação e orientação.
 

Contato
 

​Rua Djalma Farias, nº 365, sala 205 

Torreão - Recife / Pernambuco.
 

  • Facebook Clean

3241.7047

© 2013 - 2014 SINEPE - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de Pernambuco. Desenvolvido por